Serviço Social na Contemporaneidade

SER UM PROFISSIONAL PROPOSITIVO E NÃO SÓ EXECUTIVO.

domingo, 11 de abril de 2010

E essa tal inclusão digital?

Exclusão digital

“Por que um ‘alguém iletrado e sem recursos’ precisa de um computador? Só porque você pode produzir em grande escala um computador barato para as massas, isso não significa necessariamente que elas precisem de um. Ou queiram um.” Em tempos de internet, dilemas dessa natureza são discutidos na própria rede, por interlocutores de diferentes formações, lugares sociais e nacionalidades.

Os sucessos e tropeços de projetos em lugares como Brasil, China, Egito, Índia, Irlanda e Havaí, entre outros, servem de referência para a análise do caleidoscópio de fatores que estão em jogo, quando o que se pretende é mais do que disseminar pelo mundo máquinas e conexões. É preciso um investimento no diálogo com as comunidades locais o que permitirá que recursos adequados atendam a demandas autênticas. Esse exercício paciente de negociações e escuta é o que leva a resultados mais consistentes na transformação das condições de vida local.

Analisando dessa forma enxergamos que nosso desafio global não é superar a exclusão digital, mas expandir o acesso e uso da TIC para promover a inclusão social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário